AOS MESTRES, SEMPRE, COM CARINHO!

Todo início de ano letivo é a mesma coisa. Tomara que seja diferente. Tomara que os alunos prestem mais atenção…Tomara que aproveitem as minhas aulas, a minha dedicação.Pensa assim o professor.Doce ilusão é  acreditar na mudança do sistema, das burocracias ou demagogias. Tudo igual.
A Semana Pedagógica falará sobre a necessidade de desenvolver projetos na escola, sobre o que fazer com a indisciplina dos alunos e que o Laboratório de Informática precisa ser usado. Em algumas escolas, raras, um café da manhã esperará o professor, numa tentativa de massagear-lhe o ego, tão cabisbaixo ano após ano letivo. Algumas dinâmicas no começo das reuniões para angariar sorrisos, animar a platéia. A oração que não pode faltar, porque pra aguentar o tranco tem que segurar na mão de Deus. Não é fácil ser professor em qualquer lugar do mundo. Mas em um país em que a educação é pouco valorizada, em que o sistema de ciclos é visto como o “passar fácil dos alunos”, em que escolas continuam vendendo diplomas por trás de uma regularização legal de fachada e que um professor ganhe tão pouco que precise viver atolado nos créditos de consignação é vergonhoso.
Depois das dicas para um bom ano letivo, vamos às regras: professor tem que ficar o mínimo sentado, tem que “dominar” a sala de aula, nada de chegar atrasado pois educamos pelo exemplo e nunca, nunca mesmo, este deverá trazer seus problemas para a sala de aula.
Mostre seu melhor sorriso, professor. Venha bem vestido e não se esqueça de fazer a chamada, regularizar os diários e entregar as notas em dia. Nada novo. Nenhuma mudança impactante para mudarmos o mundo. E como sonhamos com isso, não é mesmo? Que professor não sonha com uma sala homogênea como nas aulas da faculdade? É só saber fazer um bom plano de aula e tudo sairá perfeito. Quem dera!
Estudamos, nos preparamos para todas as perguntas sobre o conteúdo e vamos pra sala com a certeza: hoje eu vou dar “aquela” aula. Mas os alunos repetem uníssonos que querem uma “aula diferente” e, no auge da sua explicação, o engraçadinho levanta a mão e pede para beber água ou ir ao banheiro.Nada de perguntas inteligentes ou interesse no que você está falando. E, na sua decepção, você pensa: em que barco eu fui entrar?
Não. Não há nada de novo.Há apenas você.Há apenas o seu desejo de mudança solitário. Há apenas você e o seu sonho de ensinar pessoas que queiram aprender.Há apenas a sua verdade, a sua paixão pelos livros, o seu modo de permanecer na lembrança e nos corações de alguns alunos.O seu jeito único e inconfundível de caminhar.
E você só terá essa certeza anos depois, talvez ao passar por uma rua e ser reconhecido ou ao chegar em uma festa e ver o sorriso de algum aluno.Ele te apontará e dirá:”Aquele ali.Está vendo? Foi o meu melhor professor”. E você vai dar um sorriso amarelo, de forma orgulhosa. Ele te contará que está na faculdade, ou que casou, ou que passou num grande concurso e tudo, graças a você. Porque foi você que o ensinou a não desistir na vida.Foi você que contou uma história que ele nunca esqueceu.Foi você que ensinou valores humanos não encontrados nos livros. Foi você que mostrou pra ele que o conhecimento valia a pena.

É… Você faz a diferença, professor. E disso, você nem sabia.

Texto de Jô Angel

PROFESSOR, OBRIGADO!

Ser professor não é buscar uma simples profissão. Não se trata de almejar o melhor salário, tão pouco trabalhar menos, muito pelo contrário, ser professor é não analisar nenhuma dessas hipóteses, é deixar o sentimento de doação tomar conta do ser. Dedicar suas vidas em função do crescimento intelectual, social e familiar dos pequenos seres que se tornarão homens e mulheres de caráter hígido é a recompensa conquistada pelos “Tios” e “Tias” de todos os cantos do País.

Agradecemos a enorme paciência, a bronca pelo silêncio, o exercício difícil, o ponto extra, os exemplos históricos, os erros grotescos, a saudação de “bom dia”, o “boa noite” cansado, a alegria da aprovação e a tristeza de se sentir culpado pela reprovação do aluno.

Aos Professores e Professoras de toda uma vida (Tios e Tias, Mestres e Doutores) do pré escolar até os ensinamentos jurídicos do UDF e Cursinhos, deixo aqui o meu MUITO OBRIGADO, por tudo!

Anúncios

Orfanatos e creches sofrem por falta de recursos ao dependerem apenas de doações

creche

Há poucos quilômetros da Capital, crianças e adolescentes vivem à margem da sociedade, abandonados por seus progenitores ou deixados em creches durante todo o dia para que os pais possam trabalhar. …

Os orfanatos e creches é a única opção para quem foi desamparado ou não tem condições de pagar uma creche particular para seus filhos.

O Orfanato Cristo Vivo, fundado em 1985, localizado na cidade de Valparaíso, é um dos exemplos de instituições que sobrevivem apenas por meio de doações, muitas vezes incertas. O local abriga cerca de 110 crianças e adolescentes, na faixa etária entre 5 a 15 anos. Lá se desenvolvem atividades nos períodos matutino e vespertino, como: artesanato, informática, cabeleireiro, costura. No entanto, nada é voltado para a área educacional. “Não temos nenhum vínculo governamental. Não recebemos nenhuma verba do governo. Às vezes temos um pouco de suprimento. Em outras ocasiões, ficamos sem receber nada. Dependemos apenas de doações voluntárias”, afirmou Alex Lucas, secretário administrativo do orfanato.

Situação mais precária é a da Comunidade Católica Azinheiras da Justiça, que é administrada pela irmã Bernarda Bastos, uma leiga consagrada, que dedica sua vida aos menores abandonados e às mães que foram desamparadas por seus maridos. “Começamos nosso trabalho em 2002 com as crianças, mas logo após passamos a acolher mulheres que estavam grávidas e não tinham para onde ir. Com o ingresso das mulheres em nossa comunidade, criamos a Casa Maria Madalena, uma filial que cuida dessas mulheres”, afirmou irmã Bernarda. Ainda de acordo com a irmã, já houve vários períodos em que faltaram mantimentos na comunidade. “Já tiveram dias que chegou a faltar até arroz e feijão. Minha esperança é que estamos firmando um convênio de parceria com a Prefeitura de Valparaíso, o que vai ajudar bastante”, finalizou a religiosa.

Diante desse cenário de abandono e carência, nasceu o Grupo Solidário, fundado e coordenado por Diego Assis, um jovem de 26 anos, que teve a ousadia de formar um grupo de voluntários para ajudar as crianças carentes do Entorno. O grupo já conta com 465 membros em uma comunidade do Facebook, além de já ter sido entrevistado pela TV Anhanguera, filial da Rede Globo em Luziânia. “Nossa missão é ajudar os orfanatos, creches e bairros carentes. Não temos nenhuma ajuda política ou algo do tipo. Contribuímos principalmente em datas especiais, como na Páscoa e no Dia das Crianças, com alimentos e brinquedos”, declarou Diego.  O coordenador do Grupo Solidário revela sua gratidão em ajudar as crianças. “É maravilhoso vermos o sorriso estampado no rosto das crianças quando são presenteadas”, concluiu.

Contato para doações: INSTITUIÇÃO TELEFONE

Comunidade Católica Azinheiras da Justiça

(61) 3629-6207 ou (61) 9158-6611

Orfanato Cristo Vivo

(61) 3629-2806

Casas Lares Rebecca Jenkins

(61) 3625-2312

Casa de Moisés

(61) 3618-5322

Lar das Crianças André Luiz

(61) 3621-1349

Orfanato Coração de Maria

(61) 3620-0097

Fonte: Fred Lima – Portal Guardian Noticias

CADIR-UDF E PARCEIROS PROMOVEM PROJETO “AULÕES BENEFICENTES”

aulao 100% iO QUE É?

Dando continuidade aos trabalhos de reestruturação do Centro Acadêmico de Direito do UDF e implantando mais uma proposta de campanha, a gestão “NOVO CONCEITO” – CADIR Dr. Eurico Rezende, divulga a elaboração do projeto “AULÕES BENEFICENTES”:
– As aulas têm como objetivo principal ampliar as possibilidades de estudo para os Discentes do Curso de Direito do UDF, que hoje já contam com um Curso ministrado de forma voluntária pelos docentes da Instituição, para revisão de conteúdos cobrados no Exame de Ordem.
– O UDF é a IES Privada mais bem posicionada no Distrito Federal em termos de aprovação no Exame de Ordem. Entretanto, o projeto “AULÕES BENEFICENTES” visa ampliar o número de aprovados em cada Exame. Além de proporcionar uma valiosa ajuda à Instituições e Comunidades carentes do Distrito Federal com os mantimentos arrecadados nas inscrições de cada aula.

– COMO ME INSCREVER?

As Inscrições serão feitas na Sede do CADIR – UDF (subsolo do Edifício Sede) nas datas de 08/04/2013 a 13/04/2013;
A numeração das salas disponíveis será repassada através do e-mail cadastrado de cada participante até a sexta-feira (19/04/2013);
As inscrições serão confirmadas mediante entrega de 1(um) pacote de fraldas (qualquer tamanho) e/ou 1(uma) unidade de Leite em Pó (embalagem de 400g);
Os diretores do CADIR-UDF disponibilizam os seguintes meios de comunicação para inscrições e maiores informações:

e-mail = novocadirudf@gmail.com
Fones = 8530-4412 (noturno) | 9266-0789 e 9173-4145 (matutino)

PRIMEIRO DIA DE AULÕES (Sábado 13/04/2013)

No 1º dia do Projeto “Aulões Beneficentes” os alunos compareceram para assistir as aulas de Direito Administrativo com o professor Fábio Luz (foto) e Direito Constitucional, professor Paulo Fernando. O CADir – UDF agradece o ato voluntário dos professores ao cederem parte do seu fim de semana para ajudar os alunos do UDF na revisão das matérias para o X Exame da Ordem que ocorrerá a partir do próximo dia 28.

administrativo

Nos próximos encontros (20 e 27) serão ministradas as matérias de Direito Civil, Processo Civil, Direito Penal, Processo Penal, Ética e Direito do Trabalho, além da conclusão do conteúdo já ministrado. Participem, revisão é fundamental para o seu sucesso e aprovação na prova da Ordem.

PARTICIPE, SUA PRESENÇA É MUITO IMPORTANTE AO PROJETO!

Atenciosamente,

CADIR – UDF “Dr. Eurico Rezende” | Gestão NOVO CONCEITO 2013/2014

E AÍ? QUAL É A SUA DESCULPA? (EXEMPLO A SER SEGUIDO)

JOVEM UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA MUDA HÁBITOS E SUA VIDA MUDA COMPLEMANTE.

A persistência é o menor caminho do êxito. (Charles Chaplin)

Ítalo Fávero é o que costumamos chamar de exemplo perseverança e força de vontade. O aluno de Direito do Centro Universitário do Distrito Federal sempre foi “gordinho”, o que nunca o impediu de praticar esportes e fazer atividades cotidianas. Porém, toda atividade física ficava limitada a um período menor que os demais amigos e colegas.

Incentivado por seu tio, o jovem de 21 anos resolveu mudar seus hábitos e dar uma chance a sua saúde. Procurou profissionais de Educação Física e Nutrição, fez avaliações físicas e traçou metas “modestas” para um melhor condicionamento físico.

          O que talvez nem o próprio Ítalo pudesse imaginar é que a combinação “Exercícios Físicos + Reeducação Alimentar” fosse produzir efeitos tão rapidamente e de forma tão singular. Ítalo conseguiu perder nada menos que 90 kg em pouco mais de um ano de Projeto “Vida Nova” (iniciou em agosto de 2011).      

 

“Tudo começou pelo incentivo do meu tio Sérgio (Tio Finho) em Agosto de 2011, me proporcionou um treino com Hiury Henrique, que foi meu mestre nessa caminhada. Fiz um plano alimentar com a Dra. Larissa Cerqueira Nutricionista que foi fundamental para minha reeducação alimentar. Não posso deixar de mencionar a equipe do San Lorenzo Ristorante que preparou todos os dias as minhas refeições balanceadas. Por último, mas não menos importante, queria agradecer a minha família que me apoiou em todos os momentos e, claro, todos meus amigos!”

Ítalo Fávero é integrante – fundador do Grupo “RENOVADORES UDF” e antes de pensar em si, já demonstrava preocupação com o bem estar do próximo. Foi o incentivador da Parceria do grupo com o Instituto Integração (Lar Maria Madalena – Lar dos Velhinhos) que é responsável pela doação e arrecadação de roupas, comida e materiais de limpeza para a boa manutenção do Instituto.

Por tudo que conquistou melhorando sua qualidade de vida, auto-estima e disposição, Ítalo deve sim, servir de exemplo para todos, não somente em relação a perda de peso, mas ao esforço em busca de seus objetivos. Vale a pena dedicar-se e traçar metas, pois o resultado pode vir antes mesmo do planejado. Ítalo é exemplo vivo disso!

 

VALEU GALERA, QUE ISSO SIRVA DE EXEMPLO! Como já dizia Chorão do Charlie Brown Jr.: “O impossível é só questão de opinião!”

*Procure profissionais sérios para começar a fazer exercícios ou dietas!

Cármen Lúcia é eleita presidente do Tribunal Superior Eleitoral

 

A ministra Cármen Lúcia Rocha foi eleita nesta terça-feira (6/3) presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para o biênio 2012/2014. Ela será a primeira mulher a liderar a corte eleitoral e será responsável pelas eleições municipais de 2012. Cármen Lúcia integra o TSE como uma das representantes do Supremo Tribunal Federal (STF).

A ministra agradeceu a confiança dos colegas e se comprometeu a cumprir o cargo com “honestidade e absoluta dedicação”. A posse deve ocorrer apenas na última semana de abril. Cármen Lúcia assumirá o lugar de Ricardo Lewandowski, também do STF, e seu vice será outro integrante da Suprema Corte, o ministro Marco Aurélio Mello.

O presidente do TSE tem a função de organizar as eleições que ocorrem a cada dois anos no país, zelando pela segurança dos votos e do processo de votação em mais de 5,5 mil municípios. O presidente também é responsável por pautar os processos que são julgados pelo plenário. Segundo lembra o próprio TSE, o trabalho de Cármen Lúcia será ainda maior neste ano devido à aplicação da Lei da Ficha Limpa.

Defensora declarada do direito das mulheres nas sessões do STF, Cármen Lúcia também fez referência ao universo feminino após ser eleita no TSE, lembrando que há 80 anos o Brasil passou a permitir o voto das mulheres. “Nós tínhamos uma população de 40 milhões de habitantes e tivemos, em 1934, quando a mulher votou pela primeira vez, 1,5 milhão de votos. Oitenta anos depois, somos quase 52% dos eleitores brasileiros, a despeito de os cargos de representação serem muito poucos exercidos por mulheres”.

AOS ALUNOS UDF – ELEIÇÕES DCE

Aos Alunos UDF,

              Nos causa estranheza o evento “Calourada” organizado pelo DCE/UDF (mandato de 2010-2011) ser realizado 6 (seis) dias antes das ELEIÇÕES para escolha da nova representação do Diretório Central de Estudantes do UDF. Mais um fato lamentável daqueles que se prenderam a cadeira do Diretório, inclusive, prorrogando o próprio mandato. Além de termos ELEIÇÕES RELÂMPAGO de dez dias letivos, (compreendendo o período para inscrição das chapas, divulgação de campanha e eleição), temos ainda uma votação marcada para o dia 17 de fevereiro, simplesmente a SEXTA-FEIRA DE CARNAVAL!

             Todas essas medidas, totalmente descabidas, nos remetem aos métodos utilizados por verdadeiras oligarquias da Política Brasileira como os “Sarneys”, os “Roriz”, os “ACM” da vida, que, sempre trataram os eleitores como massa de manobra, à base de Pão e Circo. Mas será que tal tática funcionará também com Universitários da Capital do País?

             Porém, há um agravante nisso tudo. Nenhuma dessas personalidades lamentáveis teve a coragem de alterar as normas vigentes para prorrogar seus próprios mandatos, sempre respeitaram os prazos estabelecidos. Se os dirigentes do DCE-UDF querem vencer as eleições de qualquer jeito, deveriam prorrogar o próprio mandato AD AETERNUM, assim pouparia os milhares de alunos UDF de passarem o constrangimento de votar em uma eleição em suspeição.

             Calourada é uma confraternização importante para dar boas-vindas aos novos alunos da Instituição, porém, tal evento jamais poderia ser usado da maneira que foi proposta e organizado, para servir de showmício uma semana antes das eleições. A CALOURADA deve ocorrer todo semestre, o que não foi o caso do 2º semestre de 2011. DCE deveria se manter o mais imparcial possível e caso conseguisse a reeleição, teria todo o direito e apoio para promover o evento para os estudantes, após as eleições. Deveriam ter se empenhado mais em conseguir tempo para que houvesse DEBATE ELEITORAL entre as Chapas, tempo para que os candidatos apresentassem suas propostas nas salas de aula para todos os alunos, estas questões sim, deveriam ter prioridade no período eleitoral.

RENOVADORES.

ATO PÚBLICO EM DEFESA DO CNJ

Caputo convida a comunidade para ato público em defesa do CNJ

Caputo convida a comunidade para ato público em defesa do CNJBrasília, 19/01/2012 – O presidente da OAB/DF, Francisco Caputo, convida advogados e toda a comunidade brasiliense a participar do ato público em defesa da competência constitucional do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) na apuração de desvios éticos de magistrados. Convocado pelo presidente do Conselho Federal da Ordem, Ophir Cavalcante, o evento será realizado em 31 de janeiro, às 14 horas, na sede do Conselho Federal da OAB, no Setor de Autarquias Sul – quadra 5, bloco M, lote 1.

Para Caputo, a manifestação do advogado como parte indissociável da efetivação da Justiça é extremamente relevante para reafirmar a vontade da sociedade de ver preservada a competência do CNJ – órgão de controle externo do Judiciário – consagrada pelo Congresso Nacional. “A sociedade espera mais uma vez o apoio da advocacia brasiliense nessa luta em defesa do CNJ, que em pouco tempo de atuação se revelou uma das mais importantes instituições republicanas”.

O ato público contará com o apoio do primeiro presidente do CNJ, o ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal (STF) Nelson Jobim. Ainda terá a participação da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), com o presidente Renato Sant’Anna. Também se farão presentes as entidades que sempre participaram da luta pela democracia no país, a exemplo da CNBB e da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), representadas por seus presidentes Dom Raymundo Damasceno Assis e o jornalista Maurício Azedo.

OAB, CNBB e ABI sempre empreenderam lutas em favor da redemocratização do Brasil e continuam juntas na afirmação da democracia. “A presença dessas entidades nesse ato, para além do simbolismo, é também uma reafirmação da importância da unidade de sentimentos e de propósitos que envolvem a sociedade civil brasileira organizada”, afirmou Ophir Cavalcante.

Reportagem – Helena Cirineu
Comunicação Social – Jornalismo
OAB/DF