Polêmica – União gay não é considerada família, segundo projeto discutido na Câmara

A Câmara dos Deputados criou uma comissão especial para discutir a elaboração de um Estatuto da Família. A proposta deveria seguir os mesmos moldes de outros estatutos já existentes, como o dos idosos e das crianças. Mas o projeto que dá base à discussão é nitroglicerina pura. O texto proposto pelo deputado Anderson Ferreira (PR-PE) restringe o conceito de família como o núcleo social formado a partir da união “entre um homem e uma mulher”.

Com esse formato, se for aprovada, a proposta exclui do estatuto a possibilidade de alguma união gay ser considerada como família.

Na proposta do estatuto, o deputado Anderson Ferreira deixa clara sua ideia de defender um conceito conservador para o tema.

deputado-Anderson-Ferreira“Conquanto a própria carta magna tenha previsto que o Estado deve proteger a família, o fato é que não há políticas públicas efetivas voltadas especialmente à valorização da família e ao enfrentamento das questões complexas a que estão submetidas às famílias num contexto contemporâneo.
São diversas essas questões. Desde a grave epidemia das drogas, que dilacera os laços e a harmonia do ambiente familiar, à violência doméstica, à gravidez na adolescência, até mesmo à desconstrução do conceito de família, aspecto que aflige as famílias e repercute na dinâmica psicossocial do indivíduo”, diz a proposta de Anderson que terá apoio da bancada evangélica.

Fonte: Estadão

Anúncios

FESTIVAL DE MÚSICA DE BRASÍLIA

Festival de Música de Brasília – Hip Hop Contra o Crack

O projeto “HIP HOP CONTRA O CRACK” é um promoção da Secretaria de Estado de Juventude com apoio da Secretaria de Cultura e Administração Regional de Ceilândia, conjuntamente com a Comunidade hip hop da Capital.  O evento será promovido pelo Instituto Caminho das Artes – ICA com o objetivo de democratizar o Hip Hop como movimento cultural da Capital e dar visibilidade à produção local, sobretudo fará parte das atividades de revitalização visual da obra inacabada localizada na QNN 13, apelidada de Castelo de Grayskull.

A promoção do festival Hip Hop será sustentada artisticamente nos elementos do rap, grafite, skate e street dance. Dentre as atrações musicais, o evento trará alguns dos mais renomados rappers do Brasil – Dexter, Rosana Bronk’s; Emicida, Ed rock e Kl Jay. O evento será realizado no Estacionamento da Estação do Metrô, em frente ao Centro Cultural da QNN13, nos dias 16, 17 e 18 de Setembro. A programação também inclui a apresentação dos roqueiros Tihuana e Charlie Brown Jr. Tudo gratuito.

A abertura da Semana do “hip hop contra o Crack” será protagonizada nesta Sexta, Sábado e Domingo, sempre a partir das 20 horas com a seguinte programação:

 

DIA 16 DE SETEMBRO

 

 

DJ CHOKOLATY
20H30 – JORDAN

 

21H00 – FUZUE CANDANGO
21H30 – COMUNICAÇÃO RACIAL
22H00 – TROPA DE ELITE
22H30 – GUIND’ART 121
23H00 – DEXTER
00H00 – TIHUJANA

 

DIA 17 DE SETEMBRO

 

DJ HÉRCULES
20H00 – ROTA 040
20H30 – FILOSOFIA NEGRA
21H00 – LIBERDADE CONDICIONAL
21H30 – VERA VERÔNICA
22H00 – VIELA 17
22h30 – TRIBO DA PERIFERIA
23H00 – CONSCIÊNCIA X ATUAL
22H30 – ELFUS
00H10 – ROSANA BRONK’S
DIA 18 DE SETEMBRO

 

 

DJ MARKINHOS DA SMURPHIES
16H00 – REI – CIRURGIA MORAL
16H30 – ATITUDE FEMININA
17H00 – BOB NICKSON
17H30 – NEGO DÉ
18H00 – VOZ SEM MEDO
18H30 – DJ JAMAIKA
19H00 – EMICIDA
19H40 – CHARLIE BROWN JR
20H40 – EDI ROCK E KL JAY (Racionais)

 

Fazer a diferença – Yes, everybody can!

A história é a seguinte: um artigo da revista “Newsweek”, uma das mais famosas do mundo, classificou a cidade americana de Grand Rapids, no Michigan, de “moribunda”.

Revoltados, moradores e autoridades da cidade se mobilizaram e, em vez de apelar aos tribunais, recorreram à… música. Isso mesmo! Música.

No último dia 22, a cidade parou (literalmente) para gravar um clipe da música “American Pie”, de Don McLean. Entre bandas, desfiles, carreatas, efeitos especiais, helicópteros e até um casamento, 5 mil pessoas foram envolvidas.

O resultado foi uma resposta à altura e um filme que críticos americanos já estão considerando como “o maior clipe de todos os tempos”…

* A mobilização é capaz de tudo! Acredite!